jusbrasil.com.br
8 de Agosto de 2022

Ação da Revisão do FGTS: não conhece? Comece por aqui

Dica De Ouro, Advogado
Publicado por Dica De Ouro
há 3 meses

Este artigo procura solucionar todas as dúvidas sobre a revisão do FGTS, onde muitos acreditam que ela já foi julgada e que o período de correção é de 1999 a 2013.

Já adianto dizendo que as duas perguntas possuem respostas positivas a quem não entrou com ação: ela não foi ainda julgada e a revisão não é apenas e tão somente até o ano de 2013, isso é um erro, e se o STF for favorável este erro pode trazer prejuízo a quem ajuizou a ação, pois ela é mais ampla.

Primeiramente, em que se baseia a revisão do fundo de garantia, quem pode pedir a correção e como o judiciário entende este pedido. Vamos conversar sobre isso.

Situao das Aes Revisionais do FGTS 2021

O QUE É A REVISÃO DO FGTS

A correção do FGTS é o assunto do momento entre os trabalhadores brasileiros, que vai ser julgada pelo STF

O objetivo da ação é que seja afastada a taxa de correção mensal do FGTS (TR – taxa referencial), pois a mesma não acompanha a inflação. E com isso que seja aplicada outra mais vantajosa.

Mensalmente o FGTS perde seu poder de compra, e a ação busca tal reparação. A TR desde 1999 faz o trabalhador perder seu poder de compra, a inflação “engole” o seu dinheiro depositado na conta fundiária.

Ocorre que muito se fala sobre a ação, mas poucos se aprofundam no tema, e aqui buscaremos detalhar de forma bem simples, porém completa, a revisão do FGTS de 1999 a 2021 (e não até 2013 como muitos falam).

A revisão do FGTS busca aumentar o valor do seu fundo de garantia, mesmo que você já tenha sacado ele, isso não tira o seu direito de correção. Se o trabalhador já retirou seu FGTS, ou se este se encontra ainda em conta, o direito vale da mesma forma. Porém, será necessário o Supremo Tribunal Federal ser favorável a este direito.

O que buscamos nesta ação é que não seja aplicada a TR (taxa referencial) na correção mensal da conta fundiária, e sim um índice diverso, que garanta o poder de compra do trabalhador.

Vou explicar para vocês o que é a tão comentada taxa referencial.

O QUE É A TAXA REFERENCIAL (TR), E O QUE ELA INFLUENCIA NA REVISÃO DO FGTS?

Ela foi estabelecida durante a época da hiperinflação, na década de 90, onde os valores chegavam a ultrapassar 2.400% ao mês.

Com a criação da taxa referencial, o Estado divulgava o valor do dinheiro todos os dias. No entanto, esse valor também sofreu grandes variações.

Nos dias atuais o controle da inflação passou a ser função da taxa Selic [1].

A taxa referencial ainda é utilizada como índice de reajuste. No entanto, o foco desse índice mudou.

Hoje, ela é uma taxa de juros de referência, ou seja, é um indicador geral da economia. Porém, a taxa referencial, ainda assim, interfere em diversos ativos, dentre eles, o seu FGTS.

TENHO DIREITO A REVISÃO DO FGTS?

Para essa resposta o primeiro passo é fazer o cálculo, para verificar se realmente a ação será vantajosa. E caso seja vantajoso, o valor que irá buscar na correção.

Você precisará obter o extrato analítico de FGTS, pois nele estarão contidos os créditos JAM (juros e atualizações monetárias) dos valores depositados.

Para obter o extrato analítico de FGTS você pode se dirigir a uma agência da Caixa Econômica Federal, e pedir a cópia para o atendente, ou da sua casa, por meio do seu smartphone ou computador.

Basta baixar o app FGTS (para Android ou Ios):

Ou acessar pelo seu computador, neste passo a passo:

PASSO A PASSO PARA OBTER SEU EXTRATO DE FGTS

Acesse o site www.caixa.gov.br/extrato-fgts [2]

Insira o número do seu NIS ou CPF e clique em “cadastrar senha”.

Após ler o regulamento, clique em “aceito”.

Preencha todos os campos com os seus dados pessoais.

Crie uma senha com até 8 dígitos, com letras e números, e confirme.

Preencha os campos com NIS ou CPF, insira a senha cadastrada e o botão Acessar.

COMO CALCULAR A REVISÃO DO FGTS DE 1999 A 2021?

Neste caso eu te oriento a buscar a ajuda de um profissional qualificado, seja ele um advogado [3] ou contador.

Para calcular a correção do FGTS, por meio do extrato analítico, o profissional irá computar todo o período em que foi aplicada a TR (taxa referencial) e utilizar um índice diverso, que acompanhe a inflação.

Em nosso escritório sempre utilizamos 3 índices, para dar maior liberdade ao juiz caso julgue favorável.

São eles: INPC, IPCA e IPCA-e.

A substituição por um índice inflacionário deixa claro o prejuízo de até 80% nas contas do FGTS dos trabalhadores.

Nós temos um setor de cálculos em nosso escritório, a ABL CALC, que poderá lhe auxiliar na busca deste direito, realizando o cálculo da ação.

Importante: A correção do FGTS pode ser até a data de hoje, pois a TR não acompanha a inflação e está lhe causando prejuízos, e não somente até 2013.

REVISÃO DO FGTS E O JULGAMENTO NO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

A correção do FGTS está pendente de julgamento no STF, ele dará a palavra final no processo. O Julgamento ainda não iniciou, e sempre que leio “revisão do FGTS é garantida pelo judiciário” busco esclarecer ao cidadão que isso é uma falácia.

Seu julgamento no STF não foi iniciado e preparamos este vídeo para vocês explicando o assunto, e também se você deve entrar com a ação antes do julgamento.

CONCLUSÃO

A correção do FGTS pode ser ajuizada até mesmo por quem já sacou os valores, e não precisa estar trabalhando até os dias atuais. Ela vai buscar corrigir os valores depositados em conta desde 1999, onde algumas pessoas pedem até 2013, mas isso é um equívoco.

Sempre obtenha o extrato analítico do fundo de garantia e faça o cálculo prévio, para ver se realmente vale a pena ajuizar o processo de correção do FGTS, com este cálculo você vai saber o valor que terá a receber se o STF entender favorável o seu direito.

E agora, o que fazer? Se você é advogado ou contador e deseja trabalhar e expandir seu número de clientes através dessa tese, adquira hoje CLICANDO AQUI ou no link abaixo o material completo e editável, tornando-se um especialista na exclusão da Correção do FGTS de trabalhadores.

Fonte: Jornal Contábil

Veja outros materiais abaixo:

📍Nova Correção do FGTS - Material p/ Advogados e Contadores

📍 Conheça a tese da Cobrança do Saldo Pasep dos Servidores Públicos - Material p/ Advogados + 6 Bônus

📍 Revisão da Vida Toda PBC - Material p/ Advogados

📍 Exclusão do ICMS da Base de Cálculo do Pis /COFINS - Material p/ Advogados

📍 Restituição de ICMS na Fatura de Energia Elétrica - Material p/ Advogados e Consumidores


Informações relacionadas

Marcio Jorio Fernandes, Advogado
Modeloshá 3 anos

Requerimento de pensão por morte

Ícaro Varotto, Estudante de Direito
Artigoshá 3 meses

Mossad Do Advento à Glória.

Talita Bandeira, Advogado
Artigoshá 3 meses

"Pai solo", servidor público, tem direito à licença-maternidade de 180 dias.

Adilson Pereira de Souza Junior, Advogado
Notíciashá 2 meses

Nova Lei nº 14.331 de 04 de maio de 2022

Dr Marcelo Lima, Médico do Trabalho
Artigoshá 3 meses

Os 10 Mandamentos da Impugnação de Laudo Pericial

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)